Fernando Paes e Guto Marcondes são fotógrafos sociais na cidade de São Paulo e entendem que o conhecimento fotográfico não pode ficar restrito à cabeça de alguns. Decidiram iniciar e divulgar o Social Podcast como uma forma de fortalecer a classe de fotógrafos sociais, unir esse grupo numa comunidade disposta a discutir informações e conceitos que possam fortalecer esse grupo de pessoas que se desafiam diariamente ao melhor clique, a capturar a melhor luz, a desenvolver a arte fotográfica nas suas diversas áreas. Se você se identifica com isso, compartilhe sua paixão, apoie o projeto, contribua com conteúdo relevante e transforme o universo a qual você também faz parte.

Bem vindo!

Social Podcast Brasil

12 Responses to “Quem são vocês?”

  1. Boa tarde Fernando, tudo bem? Se precisarem de álguém para falar sobre o ID para diagramação estou a disposição. Ou derrepente uma mini video aula! Um grande Abraço.

    [Reply]

  2. Olá,
    Não perco um podcast e sempre aprendo sobre as tendências e assuntos sobre a fotografia social.
    Escrevi um post sobre o mercado fotográfico e acredito que vocês têm muito mais conhecimento sobre o assunto do que eu.
    Gostaria muito do conhecimento do social podcast:
    http://www.forumdigitalfoto.com/threads/103-Vamos-discutir-o-mercado?p=321#post321

    Obrigado

    [Reply]

  3. Gustavo De Gaspari says:

    Opa, fiquei feliz ao descobrir uma iniciativa que é voltada ao publico carente em informação que é o segmento de fotografia de eventos sociais, iniciativas como esta, existem em outros países, apesar de as que aparecem por aqui parecerem um pouco amadoras, reflexo de um mercado com baixa qualificação profissional e canibalismo por preços.
    Parabenizo os senhores pelo desprendimento em reservar parte de seus tempos em compartilhar informação. mas a impressão que tive ao visitar este blog é a de que ele foi feito com o intuito de divulgar as palestras e seminários da Wedding Brasil, espero estar errado.
    Vê-se por aí, neste e em outros eventos direcionados a nós fotógrafos de eventos sociais, mercado responsável sem dúvida pela maior fatia de todo o bolo, uma certa panela e desfile de egos.
    Desfile de egos não criam associações menos ainda regulamentam a profissão.
    Ficarei feliz em perceber que este blog não tem esse fim. afinal merecemos iniciativas com esta.

    [Reply]

  4. Olá Guto e Fernando. Nos encontramos no lançamento do livro do Vinícius (D90 com a cinquentinha para 5 pessoas num lugar apertado? Esse mesmo!). Cadê os podcasts?
    Gostaria muito da opinião de vocês sobre meu trabalho.
    Este é o link do meu primeiro casamento (dividi em 3 seções):
    http://olha-te.blogspot.com/2010/07/primeiro-casamento-making-of.html
    Nesse casamento percebi que realmente não gosto de flash, mas quando tiver suporte procurarei um assistente para iluminar com led (usei a iluminação do cinegrafista quando pude).
    O blog ainda está em construção, penso em rever o logo, mas a ideia está quase pronta.
    Têm algumas sugestões para como eu posso divulgar para conseguir jobs?
    Obrigado!

    [Reply]

  5. Olá
    Tudo bem?
    Já ouvi todos os episódios e estou esperando o próximo. Até imagino como vai começar …”ola pessoal, desculpem pelo intervalo entre o último podcast, é que tivemos problema de agenda”… HEHEHEH, Vocês não são os únicos.

    Sugestões de pauta:
    fotolivro – softwares disponíveis para diagramação
    fotolivro – dicas de como diagramar no CS, além do PhotoShop
    flash remoto – aplicação e restrições
    fluxo de trabalho – planilha do evento (custos e receitas), orçamento, contrato, chek list equipamentos, dia D, tratamento de imagens, impressão e/ou CD e/ou e-mail, recebimento $$.

    Um abraço aos mestres

    Michel

    [Reply]

    Guto Marcondes Reply:

    Olá Michel, tudo bem ?
    Como você acertouo começo do podcast?kkkk ficou provado que vc ouve mesmo a gente…rs.
    Realmente agenda é nosso ponto fraco. Eu acabei de chegar de foz do iguaçu, mas em breve sai um episódio novo. Li suas sugestões de pauta e são muito boas. Vamos falar delas sim, mas não prometo todas em um único episódio porque temos alguns outros assuntos também que estão pendentes.
    Obrigado por ouvir, comentar e participar.
    Abraços,

    Guto Marcondes – fotógrafo
    http://www.gutomarcondes.com.br
    Twitter @gutomarcondesbr

    [Reply]

  6. Além das sugestões citadas acima, tenho um tema que muita gente pode achar besteira.

    Ouço muito fotógrafos dizerem: … fotografar casamento com uma D40, com uma EOS D60 é loucura… Por que não dá??!!! Por que não tem ISO suficiente? Por que não dispara 6 fotos por segundo??? Por que é um pouco lenta???

    Ai eu pergunto… – Como faziam os fotógrafos que usavam as cameras totalmente manuais, onde o avanço do filme dependia exclusivamente de uma manivela? Que se estivesse fotografando com uma câmera de média formato tinha que trocar o filma a cada 20 cliques?!!
    Acredito sim, que é possível fazer fotos de qualidade, fotografar um evento importante com um equipamento mais simples, mesmo não contando com toda agilidade dos equipamentos PRÓ.

    Abraços

    [Reply]

  7. em tempo

    Os gênios da fotografia que citamos nos dias de hoje, fotografavam com filme. Os que ainda estão vivos, também já fotogarafarm com filme.

    [Reply]

  8. Achei muito interessante esta ideia de fortalecimento da classe de fotografos sociais.Infelizmente no Brasil não é uma classe muito valorizada.
    Desejo sorte nesta cruzada
    Ivan Almeida

    [Reply]

  9. Olá Guto e Fernando,
    sou fotógrafo part time aqui no sul da Flórida. Já ouvi o podcast de vocês mais de uma vez todos os episódios, e fiquei esperando mais. O que me serviu de inspiração para realizar um sonho antigo de produzir o meu próprio podcast. Hoje apresento o Retratismo Podcast, aonde falo da minha paixão pela fotografia, meus tombos e acertos. Tive o privilégio de entrevistar gente importante no mundo fotográfico como Luiz C Ribeiro e também a fotógrafa amadora Mireille Fondeville. Gostaria muito de poder entrevistar vocês e quem sabe poder incentiva-los a voltarem a produzir o SP Podcast. Acredito que se unirmos as nossas forças, podemos mais e melhor.
    Fica aí o convite e também o reconhecimento ao trabalho espetacular que vocês vêem produzindo.
    Grande abraço,
    Marcos Barbosa.

    [Reply]

Leave a Reply